fbpx

Análises de Superfície (Swabs).

Análises de Superfície (Swabs).
3 de agosto de 2021 Freitag Laboratórios

 

Análises de Superfície (Swabs)

Nos dias atuais a preocupação com a qualidade dos alimentos que consumimos é evidente. Na indústria, além da própria análise do produto final, a verificação dos processos produtivos, principalmente as condições de higienização dos equipamentos e dos manipuladores/uniformes estão entre os principais e mais importantes controles a serem realizados.

Uma das formas de garantir o atendimento às legislações vigentes é a Análise de Swab. Este tipo de controle, pode ser utilizado por exemplo para o monitoramento de Boas Práticas de Fabricação (BPF). O uso de Swabs permite realizar amostragens de superfícies irregulares, e também de locais com acesso limitado, por isso, é muito útil na indústria alimentícia.

Á área amostrada é basicamente a área alvo da investigação para controle do processo produtivo, onde o swab entra em contato junto a superfície a ser avaliada. Para a amostragem de superfícies, costumeiramente são utilizados delimitadores com mais variadas áreas (20cm², 25cm², 40cm²), e nesse caso, as metodologias de contagens são mais precisas e indicadas. Para locais onde não haja uma área definida ou que possa ser delimitada (por exemplo, as mãos ou quinas de equipamentos/utensílios) podem ser realizados ensaios que indicam apenas a presença/ausência de microrganismos. Um fator muito importante para que o resultado de contagem expresso nos relatórios seja fiel ao local amostrado é a informação da área amostrada, pois no cálculo da contagem dos microrganismos, essa área é utilizada.  Abaixo segue informação do cálculo utilizado:

 

 

 

 

 

 

 

Quando não for informado a área amostrada, utilizaremos o valor padrão de 1cm².  Por exemplo, se a área amostrada real foi de 20 cm², mas essa área não nos foi repassada, o resultado será liberado utilizando o padrão de 1cm², e consequentemente será 20 vezes maior do que a realidade do local amostrado.

Abaixo seguem dois exemplos de placas que obtiveram a mesma contagem, o exemplo 1 não utilizando a área amostrada e o exemplo 2 com a utilização da área amostrada:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para facilitar o atendimento aos mais diversos clientes, bem como diferentes áreas amostradas, o Freitag Laboratórios utiliza a liberação na unidade padrão UFC/cm², utilizando a área amostrada informada pelo cliente no cálculo.  A informação da área amostrada pode ser alimentada em nosso sistema, através da cadeia de custódia online, ou também na cadeia de custódia física enviada junto das amostras. Além das formas já citadas, a informação pode ser enviada também ao nosso setor de recebimento de amostras através do e-mail inspecao@freitag.com.br

 

 

Autora: Josiane Camila Steffen – Gestora de Processos – Freitag Laboratórios

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*